Artigos

Artigos

<< Voltar
Família

Família

PRIORIDADES E OPORTUNIDADES

Diante de tantos desafios que as famílias enfrentam nos dias atuais, nos chama a atenção 2 (duas) necessidades imprescindíveis entre as demandas, informações e atividades do dia a dia: Estabelecer Prioridades e  Discernir Oportunidades.

Isso nos remete a um acontecimento bíblico relatado em Lucas 10. 38 – 42, que aconteceu quando Jesus foi recebido na casa de Marta, Maria e Lázaro. Eles eram três irmãos, amigos de Jesus, que moravam juntos em um povoado chamado Betânia (cerca de 3km de Jerusalém). Neste texto encontramos um paralelo sobre o “fazer” e a “razão de ser”.                                     

De um lado Marta, que estava na sua posição de normalidade e rotina de qualquer mulher daquele contexto cultural que era de apenas realizar as atividades domésticas



com zelo e responsabilidade.
O que Marta estava fazendo era o esperado.Era o normal. Era o comum. Do outro lado Maria, que se afastou da sua posição cultural e ordinária e decidiu fazer o extraordinário com a presença de Jesus na sala da sua casa. “Sua irmã, chamada Maria, sentando-se aos pés do Senhor, ouviu a sua palavra.”(v.39) Naquele momento Maria estabeleceu que a  maior prioridade era estar aos pés de Jesus. Maria também discerniu que não poderia deixar aquela oportunidade passar: estar em família curtindo a presença do Mestre.

Estabelecer Prioridades é bíblico e relevante para uma vida vitoriosa.

“Mas, buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas.” (Mt.6.33)

Quando reconhecemos que a nossa 1ª e maior necessidade é a presença do Senhor, fazemos  a melhor escolha, escolhemos  “a boa parte” (v.42) como Maria o fez. No contexto familiar, as obrigações e deveres sempre vão existir para pais e filhos. Os serviços e tarefas domésticas, ministeriais, profissionais e acadêmicas não acabam. Ao contrário, elas crescem. Nós é quem precisamos esclarecer e escolher a “boa parte”. Outra verdade é que quando estabelecemos Jesus como prioridade logo entendemos que nosso falta de controle e insuficiência em muitas situações também estão ligadas a nossa falta de oração, devoção e discernimento.

Cada tempo vivido é uma oportunidade de receber revelação do propósito específico de Deus para nós. Então destacamos a importância de não pular etapas e viver cada dia em submissão ao Senhor. Até o dia de Cristo Jesus seremos surpreendidos e aperfeiçoados pelo Senhor (Fp1.6) . Sempre há algo a aprender.

Discernir as oportunidades é saber identificar qual a ocasião favorável para agir. Quando é conveniente tomar tal atitude. Maria não perdeu tempo. Estabeleceu a prioridade, discerniu a oportunidade e escolheu viver um momento que produziu resultados eternos.

Quais as oportunidades que o Senhor Jesus tem colocado diante de você?

Em meio há tantas demandas e atividades diárias você ainda encontra tempo de estar aos pés do Senhor só para ouvir a sua voz?

Em Cristo,

Cláudia de Jesus Menezes Martins 

Coordenadora Acadêmica de Música e Arte - FABERJ














































































































Coordenadora

Acadêmica de Música e Arte - FABERJ

Compartilhe com os amigos
Facebook Twitter Google+